Preservação do ambiente dá o tom no carnaval de estudantes em Santos

francisco_arrais_1228.jpg
  • Category
  • Author
  • 0
  • 20
    Fev, 2020

Santos 20 de fevereiro de 2020

Fotos: Francisco Arrais

.

Os 360 alunos de 1º a 5º ano da escola municipal João Papa Sobrinho (Gonzaga) desfilaram, nesta quinta-feira (20), no entorno da escola, 'O Mar e seus Mistérios no Oceano dos Saberes', com apoio da bateria da escola de samba União Imperial.

Além das alas Mar; Embarcações do Descobrimento, Sereias e Lendas; Povo do Mar, os Havaianos; Reino Perdido de Atlântida, com carro alegórico do cavalo marinho e golfinho, bem como Preservação, contra o Mar Poluído, exibindo a réplica do Ecopeixe, houve a apresentação dos projetos ambientais desenvolvidos durante o ano. A concepção artística do bloco foi do professor de teatro e artista plástico Alex Guarany, e o samba-enredo, da professora de teatro e cantora Juliana Damásio.

Sambando entusiasmada, Hillary de Oliveira, 9, do 4º B, representava o mar poluído. Ela contou que adora carnaval e é a segunda vez que desfila pela escola. “Gosto de participar dos projetos e de poder mostrar para todo mundo”.

A diretora Eliana Paulo, que acompanhou o cortejo carnavalesco, junto aos professores e pais dos estudantes, agradeceu a participação da escola de samba União Imperial e o apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

PROJETOS
A João Papa Sobrinho realiza várias atividades sustentáveis: com a TerraCycle, o Lápis do Bem, que recolhe lápis, caneta, apontador, que se transformam em bancos e lixeiras, e coleta de esponjas para fazer lixeiras; com a Preserva Recicla, recolhimento de óleo vegetal; Meias do Bem, para entrega na loja Puket (40 pares de meia dão origem a um cobertor); lacres e tampas plásticas, com o Rotary Club Vila Belmiro, para confecção de cadeiras de rodas; armação de óculos para doação ao Lar das Moças Cegas; pilhas para envio aos postos de arrecadação da Cidade, e combate ao lixo do mar, por meio da limpeza das praias, reciclagem dos objetos encontrados, e descarte correto. As entregas são anuais.

O inspetor de alunos, Renato Rodrigues, que coordena os projetos, disse que para cada um é criado uma mascote – Lápis do Bem, MegasEsponja, Óculos do Bob, SuperÓleo, e por fim, uma baleia que ganhará nome por concurso entre os alunos. “As mascotes ficam na frente da escola para divulgação à comunidade, o que colabora bastante”.

Ele explicou que as atividades eram feitas pelo grêmio estudantil, que este ano fará projetos sociais. Os ambientais continuarão sendo realizados. Nosso grupo passa a se chamar 'Embaixadores do Século XXI'.”

A unidade recebeu a visita, na quarta-feira (19), do secretário de Meio Ambiente, Marcos Libório, e da jornalista Isabella Pajón, para uma filmagem para o Instagram da Prefeitura (@santoscidade). “Cada vez mais investimos em educação ambiental e queremos que os alunos participem. As crianças são nossos principais fiscais”, afirmou Libório.

Tags: Nenhum

About the Author

admin2



Esta notícia é deSEDUC
http://vmp-webservleg01.santos.sp.gov.br/seduc/news.php?extend.149