Sábado, Julho 11, 2020
susan_hortas_3204.jpg
  • Category
  • Author
  • 0
  • 27
    Fev, 2020
 Nenhum
Santos, 21 de fevereiro de 2020
Foto: Susan Hortas

.

“Dia perfeito. União Imperial é a melhor. Ano que vem pretendo estar na avenida com eles”, disse a aluna Gabriela Blanco, 13 anos, da escola municipal José da Costa e Silva Sobrinho (Piratininga), após visita, na manhã desta sexta-feira (21), à quadra da escola de samba União Imperial, no Marapé. A unidade levou estudantes do 6º ao 9º ano para aprender um pouco mais sobre a cultura carnavalesca. 

“Nosso intuito é ampliar o repertório cultural dos alunos, realizando este intercâmbio com uma escola de samba. Muitos estudantes não têm a oportunidade de conhecer outros lugares e a nossa intenção é transformar esta realidade, abrir os horizontes e também proporcionar estudos fora do ambiente escolar”, explicou a diretora da unidade, Márcia Calçada. 

O presidente da agremiação, Luiz Alberto Martins, o Pelé, conversou com os adolescentes, contou um pouco da história da escola, apresentou o pavilhão e explicou como se organiza o desfile, além de responder dúvidas da garotada. “É gratificante receber os estudantes em nossa quadra, mostrar o que fazemos e falar sobre a cultura do carnaval”.

Rayssa Lima, 14, não conhecia a quadra da União e ficou feliz com a atividade. “Vejo sempre o carnaval pela TV, mas vir até aqui é muito legal”. 

MAIS FOLIA
Os estudantes da turma da tarde receberam na escola a visita de integrantes da Unidos da Zona Noroeste (vencedora do grupo 1 em Santos) e da corte carnavalesca. A ação faz parte do trabalho realizado pela professora Luisa Paula Ferreira de Mendonça, com estudantes do 5º ano. Ela trabalhou em sala de aula o samba-enredo da agremiação ‘Hoje o galo canta, é a voz da favela’.